quarta-feira, 10 de março de 2010

mais

durante a travessia li alguns livros, O Velho e o Mar, quanta humildade, linda demonstração de humildade e determinação. A Expedição de Shackleton, quanta determinação tb, é massa essas leituras não só pra quem esta no mar, não é a toa que grandes velejadores dão palestras para empresários, empreendedores... mas o melhor, que mais me encantou é O Lobo da Estepe, quero ler todos os livros de Herman Hesse, amei, trata do ser humano, aliás o ser humano tem sido meu foco nessa viagem, a começar por mim, os tripulantes do Fraternidade, tem sido mesmo um grande aprendizado a convivência em alto mar... o mar potencializa tudo... e os nativos de onde passar...
em Colón tem os Kuna, povo muito bonito, com vestimenta muito linda e colorida, uma mistura de indianos com andinos, tecidos muito coloridos, com grafismos geométricos, as mulheres com braços e pernas ornadas com acessórios de miçangas e brincos de ouro nas orelhas e nariz, como as indianas, muitas usam cabelos curtos, são lindas.. mas não conheci muito, saí bem pouco em Colón, aproveitei para me dedicar a um trabalho inacabado que preciso enviar pro Brasil. Ficamos oito dias em Colón, esperando o momento de atravessar o canal, o tráfego de barcos é intenso, navios do mundo inteiro, mesmo fundeados no porto, fizemos amigos nos veleiros vizinhos, teve até uma festinha a bordo, os americanos levaram violão e violino, Paulo tocou gaita e pandeiro, eu improvisei um chocalho de arroz... foi massa..
Em Colón é onde fica a Zona Livre, um perigo para os consumistas, pois é de espantar os preços, tudo muito barato, dá vontade de comprar até o que não precisa, eu comprei apenas um tênis para corrida, vim viajar sem nenhum sapato fechado, apenas um chinelo e sandália para caminhada, acho que o tênis foi boa aquisição, um nike por 30,00U$...
galera ainda não consegui atualizar até o presente, estou na cidade do Panamá, ainda falta contar da travessia das eclusas no canal, da ilha Taboga, e dessa city, nos próximos dias volto por aqui, agora tenho que voltar pro Fraternidade...
Até mais!!!

2 comentários:

Anônimo disse...

huruuu! estamos aqui nas vibrações positivas!!!
beijocas
Marilena

Thiago Cardoso disse...

oi querida!!!
bom ver seu andante pelo blog! OLha se der leia Sidarta! Muiiito bom! E, claro, leia as pedras no caminho! Estamos aqui na luta e nosso projeot em vento em popa!