quarta-feira, 10 de março de 2010

Até o Presente

Já faz quase dois meses que zarpamos de Salvador e muita água já rolou... éramos 12 tripulantes, agora somos sete, já deixamos o Atlântico, mar do Caribe e hoje estamos no Pacífico. De Grenada cruzamos o mar do Caribe até Cólon, cidade portuária do Panamá, lá aguardamos até atravessar o canal. A travessia durou oito dias, diferente do que foi Natal-Grenada, essa travessia foi bem tranqüila, muito silêncio, contemplação, estudo de si... começamos com bons ventos, no rumo, média de 20 nós.. vento Leste/ Nordeste, depois o vento começou a mudar pra Sueste, e dar jaibe se tornou uma constante, todos os dias mudança de bordo, foi massa pra aprender, o rizo também, todos os dias no final da tarde, as manobras aconteciam sempre nos horários de meu novo turno de 6h-9h e 18h-21h, ótimo horário, o turno era sempre movimentado, e parecia que o dia rendia, já que podia dormir a noite inteira.... mas de repente desligaram o vento, parou, nada de vento nem pra outro rumo, o mar ficou liso como um tapete, levantamos a genikker (o balão assimétrico) e não funcionou ele só ficou batendo, fomos curtindo a calmaria, estava achando ótimo, mas o comandante tinha pressa de chegar no Panamá e resolveu fazer o trecho final no motor. Mas foi massa porque com a calmaria a cavala e o atum morderam a isca, a cavala era tão grande que durou três dias, e o atum nos rendeu boa moqueca... li muito nessa travessia, foi massa. Os astros, sempre os astros, garantiram os espetáculos...

Um comentário:

Raízes e Frutos disse...

ISSO TÁ PARECENDO HISTÓRIA DE PESCADOR! CADÊ ESSE ATUM E CAVALA GIGANTE?
BJK NÊGA! DANY